Um cruzamento mostra todos os 213 parlamentares que votaram a favor de todos os temas mais polêmicos empurrados pelo presidente da Câmara dos Deputados: a terceirização, combatida pelas organizações sindicais como sinônimo de precarização e retirada de direitos; o financiamento empresarial de campanha, e a redução da maioridade penal, que levou a Cunha o título de inimigo número um da juventude brasileira. Trabalho da equipe do jornal Brasil de Fato.