Engajamos a audiência criando diferentes linguagens para a história principal em diferentes plataformas. Enquanto na TV a série é cronológica e aborda o contexto histórico, na web damos um zoom na experiência emocional dos protagonistas.

Lena Thiele, Christian Beetz and Oliver Mille, produtores, em Torino Film Lab

É uma das maiores iniciativas para recontar a história do apogeu e queda da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS). Cobrindo o período de 1975 a 1991, a investigação deu origem a diferentes produtos e foi realizada por diversas produtoras de diversos países, e foi transmitida em vários países.

A exposição multimídia investiga, por meio de 30 cartões-postais trocados entre seus cidadãos, como era a vida sob o regime comunista. Em vídeo, também é possível ouvir os autores das correspondências falando um pouco mais sobre o contexto em que foram produzidas. Todo o conteúdo está organizado em três categorias diferentes: mapa, temas e linha do tempo. Também integram a iniciativa um documentário para TV (filmado em 12 países e exibido no Brasil pelo canal a cabo Curta! e disponível, com legendas, no YouTube) e uma coleção de livros, além de app e exposição itinerante.

A série de TV custou US$ 3.1 milhões e levou quatro anos para ser feita em 12 países. Apenas o webdocumentário custou US$ 450 mil e levou três anos para ser produzido. O projeto é tido como uma das maiores iniciativas de recuperação histórica pelo jornalismo já realizadas.

SAIBA MAIS

Docubase: Farewell Comrades

15 países transmitem Adeus Camaradas