Parceria ESPM Media Lab e DocuBase MIT

Aqueles com experiência no ramo da editoração tendem a pensar no layout do texto e imagens e, mais recentemente, na interatividade, como aspectos fundamentais do design. Uma das coisas que percebemos logo após a chegada da nossa equipe de reportagem da Tasmânia era que, se a matéria era para ser atmosférica e ‘transportar’ a pessoa, (algo que esperávamos que fosse), o som teria que fazer grande parte disso.

Jonathan Richards, editor, extraído do The Guardian Developer Blog

Firestorm, a matéria interativa da revista Guardian, explora a devastação e consequência de um incêndio na Tasmânia. A equipe tomou como ponto de partida uma fotografia icônica da família Holmes abraçada sob um cais. Firestorm acompanha os Holmes em sua luta para sobreviver, mesclando vídeos, gráficos interativos, som ambiente e textos em estilo de revista, criando uma experiência interativa onde basta apenas rolar as páginas para baixo.

Assim como Snowfall, o ensaio interativo do New York Times, Firestorm recebeu uma crítica bastante positiva tanto dentro quanto fora do setor do jornalismo.