Parceria ESPM Media Lab e DocuBase MIT

Minha meta era de que o video game nunca deveria interferir na narrativa; deveria complementá-la”.

Guillaume Perrault, designer de video game, extraído do New York Times

 

A localização remota e as temperaturas frígidas de Fort McMurray, em Alberta, Canadá, não faz do local ser uma grande escolha para aqueles em busca de oportunidades de criar uma nova vida. Mas como lá há a terceira maior reserva de petróleo do mundo, e o centro da indústria petrolífera canadense, oportunidades de emprego e o sonho de ficar rico rapidamente criou um novo tipo de comunidade na pequena cidade – e inspirou o título desta peça interativa: Fort McMoney.

Enquanto um grande fluxo de pessoas de fora misturam-se continuamente com os moradores locais, Fort McMurray tornou-se uma arena de debate entre representantes de grandes empresas que desejam avançar cada vez mais a indústria do petróleo; ambientalistas que expõem os perigos ecológicos da exploração no país; e políticos envolvidos nos principais processos de tomadas de decisão.

As inúmeras perspectivas, argumentos e questões em jogo nesse cenário fez com que o criador do projeto, David Dufresne, desenvolvesse ainda mais sua obra. Em vez de explorar as questões de forma solta por meio da interatividade, Fort McMoney usa a estrutura, temas e timing de um vídeo game, movimentando o usuário através do jogo de uma forma orientada para sua missão. Ao explorar entrevistas, novas informações são desbloqueadas, e um painel de controle do usuário abre onde os jogadores possam consultar sua pontuação e créditos, acompanhar seu progresso e interagir com outros usuários. O jogo contém fases, onde o projeto é ao vivo em determinados momentos e inativo entre as fases, conduzindo o público a momentos de interatividade compartilhada e jogadas individuais; e cada fase apresenta novos conteúdos. Embora Fort McMoney não seja o primeiro “docugame”, sua popularidade está quebrando barreiras no gênero e mostrando a um público mais amplo o poder de misturar conteúdo não-ficção com conteúdo de games.

 

Outros recursos:

A equipe de Fort McMoney planejou durante meses para poder entender como a documentação de uma cidade real se encaixaria em um cenário on-line jogável. Compartilharam alguns documentos de seus processos, demonstrando como integraram a produção da filmagem, a mecânica do vídeo game e o web design interativo para criar uma obra harmoniosa.

Durante a fase de concepção, a equipe criou esboços da interface e funcionalidades interativas. Visualizar o projeto, mesmo de forma crua, ajudou a desenvolver guias e metas para as filmagens.

SAIBA MAIS

Docubase: Fort McMoney