Parceria ESPM Media Lab e DocuBase MIT

Tipografia é uma arte antiga e invisível que pouquíssimas pessoas realmente conhecem. Porém, a história das letras é, afinal das contas, a história da humanidade.

Théo Le Du Fuentes, autor, extraído de FastCoDesign

Designers sabem há muito tempo que a fonte certa pode dar vida a um documento. Com Type:Rider, são os próprios caracteres tipográficos que são animados como personagens jogáveis passeando por uma descoberta da história da tipografia. Os jogadores são representados no jogo por um avatar textual – algo que lembra dois pontos ou um trema – que rolam e fazem ricochete em fases de jogo estilizados e projetados para retratar certos períodos da história tipográfica. O desafio é criar uma paisagem feita de letras, desde os hieróglifos dos egípcios às linhas arrojadas da Art Deco. Durante a trajetória, informações e curiosidades sobre a história de cada fonte fazem deste jogo algo informativo e viciante.

Type:Rider foi criado como aplicativo para computadores, tablets e smartphones e acabou por ser lançado na plataforma de jogos Steam. O projeto também foi reconfigurado como uma instalação interativa em museus e galerias, usando representações físicas das fontes e projeções de pontuações em jogos que promovem ainda mais a descoberta da tipografia.

SAIBA MAIS:

Docubase: Type:Rider